sábado, 12 de janeiro de 2013

Sentimentando Fingimentos



Enquanto eu finjo que ainda vai ficar tudo bem, o tempo passa e aquelas flores que floresceram, murcharam e não contemplei sua beleza, não senti seu perfume, não arranquei uma pra colocar no meu cabelo e me sentir um pouco mais jovem, mais viva, mais flor.
Enquanto nesse torpor, espero o dia em que um dos dois tomará a decisão de continuar parado no sinal vermelho, ou fazer uma loucura e ultrapassá-lo, loucuras eram tão normais pra gente não é mesmo ? . Eu sinto falta de sentir o vento nos cabelos, de sentir a liberdade roçando me o rosto tão suavemente que nem a rotina da vida me tiraria esse momento tão sublime.
Um dia a vida e a coragem me trarão tudo isso de volta, por enquanto vou fingindo a felicidade, a saúde, o encontro e o desencontro.


Elica Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rabiscos